domingo, 28 de junho de 2009

MELANCIA

O suco das sementes é considerado
vermífugo e diurético leve.
* A outras partes são atribuídas propriedades na cura de
erisipela, febre e infecções de vias urinárias.
* Tem propriedades hidratantes
(contém cerca de 90% de água).
Além disso, possui também açúcar, vitaminas do Complexo B e sais minerais, como cálcio, fósforo e ferro.
*
Cada 100 gramas de melancia contêm:
Calorias - 31kcal
Proteínas - 0,5g
Gorduras - 0,2g
Vitamina A - 410 U.l.
Vitamina B1 (Tiamina) - 25 mcg
Vitamina B2 (Riboflavina) - 35 mcg
Vitamina B3 (Niacina) - 0,20 mg
Vitamina C (Ácido ascórbico) - 9 mg
Fósforo - 12 mg
Cálcio - 7 mg
Ferro - 0,20 mg
*
ALERGIA:
Devido ao fato de conter o aminoácido citrulina, deve ser evitado por pessoas que padeçam de artrite reumatóide ou de uma doença genética chamada citrulinemia.
*
MELANCIA CONTRA IMPOTÊNCIA SEXUAL:
* Esta é para aplacar a fome dos homens por boas-novas: cientistas americanos encontraram na melancia uma substância que agiria da mesma maneira que um medicamento contra a impotência sexual. Mas haja fatia, haja suco!
* Deu no Washington Post. Depois, em outros jornais importantes americanos. Daí a notícia correu solta e a melancia virou manchete em outros cantos do planeta. É que, segundo pesquisadores da Universidade do Texas, um nutriente da fruta, a citrulina, agiria de forma semelhante ao princípio ativo de um famoso comprimido para impotência. A idéia já levanta o ânimo da legião de homens que sofrem só de pensar na tão assustadora disfunção erétill.
* A tal citrulina seria precursora de compostos essenciais à formação do óxido nítrico. Produzida pelo nosso corpo, essa substância tem como maior mérito relaxar os vasos sangüíneos que, no caso do homem, participam ativamente da ereção. O componente da melancia sofre reações químicas que abrem caminho para a passagem do sangue e facilitam a transmissão de impulsos nervosos do cérebro até os nervos do pênis, esclarece a nutricionista Lillian de Carla SantAnna, do Hospital do Coração, em São Paulo. A questão é: embora a citrulina seja encontrada na polpa suculenta e vermelha, sua presença ali é bem tímida. Ela se concentra mesmo é naquela parte branca que, cá entre nós, ninguém engole. Ou seja, não se sabe quantas melancias seria preciso um homem devorar ou quantos copos de suco sorver para garantir o desempenho na cama.
* Em entrevista a Revista SAÚDE!, Bhimu Patil, diretor do Centro de Aprimoramento de Frutas e Vegetais da Universidade do Texas, lembra: A investigação sobre os efeitos da substância no desempenho sexual masculino foi realizada apenas em laboratório. E faz outra ressalva: Os estudos clínicos em seres humanos precisam ser conduzidos por médicos. Por isso, ainda não é possível saber quantas porções da fruta seriam necessárias para obter o resultado prometido. Ainda mais cético, Carlos Teodósio da Ros, chefe do Departamento de Andrologia da Sociedade Brasileira de Urologia, emenda: Enquanto a eficácia da fruta não for cabalmente comprovada, é prudente que o tema seja tratado como mera especulação.
* Já Patrícia Amante de Oliveira Soares, geriatra do Hospital do Coração, mostra-se empolgada: As primeiras evidências sobre os benefícios da melancia são auspiciosas e chegam para motivar médicos e pacientes. A nutricionista Andréa Esquivel, que é especialista em gastronomia e gastrenterologia em São Paulo, reforça a importância de uma alimentação balanceada: Sem isso e sem a prática regular de exercícios físicos, nenhum nutriente em especial fará efeito.
*
MELANCIA E CIA
* Celebrada por outros predicados, como o alto teor de licopeno comprovadamente eficaz contra o câncer de próstata , e os bons teores de vitamina C e potássio, a fruta não é, porém, a única que dá uma forcinha à vida sexual dos homens. Algumas ervas, caso do gengibre, da hortelã, da canela do cardamomo, também ajudam na hora H. A dica é consumi-las em forma de suco e chá, junto com uma refeição leve, diz Andréa Esquivel. Importante frisar: se é verdade que a ação é quase imediata, também é certo que é momentânea. Ou seja, o ideal é que o consumo se dê pouco antes da relação sexual. Muito antes, simplesmente não funciona.
*

quarta-feira, 24 de junho de 2009

SUORES NOTURNO

Suores noturnos só preocupam
se acompanhados por outros sintomas
*
Ensopar o pijama várias vezes acontece em noites quentes.
Presença associada de febre, perda de peso
e falta de ar é alerta.
*
Como podemos distinguir os suores noturnos que indicam um problema médico sério? Não existe uma forma fácil de fazê-lo, mas há algumas dicas, disse a Dra. Shari R. Midoneck, médica residente do Iris Cantor Women's Health Center, em Nova York. Suores noturnos que são uma questão para se preocupar são aqueles que encharcam seu pijama várias vezes, disse ela. A médica acrescentou que "se outros sintomas estão associados, como febre, perda de peso, linfonodos e fadiga extrema, isso pode ser sério e você deve ir ao médico".
*
Suores noturnos durante uma noite quente são provavelmente normais em pessoas que se sentem bem, em mulheres mais jovens durante a menstruação ou em mulheres mais velhas durante a menopausa, disse Midoneck.
*

Dra. Carla Boutin-Foster, professora do Centro Médico New York-Presbyterian/Weill Cornell, limitou a definição para suores que ensopam o pijama quando não faz tanto calor. Outros sintomas podem indicar um problema grave, disse ela, incluindo coceira, tosse, produção de saliva, falta de ar, palpitações, dor no peito e diarreia.
*
Algumas causas possíveis para suores noturnos sérios incluem infecções agudas ou crônicas, linfoma e outros tumores, baixo nível de açúcar no sangue em pacientes com diabetes, e algumas medicações.
*
Se você buscar causas de suor noturno, irá encontrar referência a apnéias do sono em 8% das menções. Isto representa a desatenção que ainda sofrem os transtornos do sono. Além da menopausa, talvez as apnéias sejam a causa mais comum de suores noturnos. Os pesadelos e o sonambulismo são transtornos do sono em que o indivíduo apresenta suadouro, mas devido à intensa ativação do sistema nervoso (diz a Clínica do Sono Dr.Denis Martinez).
*
O suor relacionado às apnéias, em geral, é na cabeça e no pescoço. Existe um transtorno chamado hiperhidrose do sono que pode estar associado ou não a hiperhidrose diurna. São pessoas que suam demais, sem razão, nas axilas, nos pés e nas mãos. É claro que infecções, principalmente a famigerada e temida tuberculose, são causas de transpiração excessiva ou diaforese. Nestes casos, entretanto, o início é súbito e coincide com outros sintomas que identificam o local da infecção (tosse, se for pulmonar; ardência para urinar se for urinário, etc.). Linfomas também causam suador no sono, bem como problemas hormonais e neurológicos raros. Alguns medicamentos podem causar sudorese noturna, especialmente o famoso Viagra.
*
Pessoas com suores noturnos e outros sintomas devem procurar um médico, disse Boutin-Foster, especialmente aqueles que têm uma condição médica crônica conhecida. Mesmo aqueles sem nenhum outro sintoma devem monitorar seu suor e manter um registro da temperatura, medicamentos e alimentos, disse ela. Além disso, pessoas com suores persistentes também devem ser avaliadas.
*


quarta-feira, 17 de junho de 2009

LEITE - SORO DA MEMÓRIA


Pesquisas Indicam os Benefícios do Leite
*

Alimento é versátil e saudável.
Cientistas descobrem o soro da memória
*
Líquido, que pode fazer o cérebro funcionar melhor, concentra componentes poderosos.
É uma espécie de banquete natural para os neurônios.
Receita tem apenas dois ingredientes: leite e limão.
*
O soro concentra componentes poderosos e pode
ser feito em casa facilmente.
Tem proteínas e lipídios.
*


Veja como preparar o soro da memória
*


Modo de Fazer:
*
Para cada litro de leite, misture o suco de um limão inteiro.
Deixe descansar de quatro a doze horas, fora da geladeira, até talhar.
Depois, separe a parte sólida da líquida com uma peneira bem fina.
A parte líquida é o soro da memória.
*
O soro pode ser guardado de três a cinco dias na geladeira.
Também pode ser congelado – dura de três a seis meses.
Fica com gosto de limão.
Também pode ser misturado a uma fruta ou a um suco de fruta.
*
Modo de tomar:
*
Tome uma dose diária de 100ml (meio copo) de soro, antes de dormir, todos os dias.
Essas substâncias, cada uma de seu jeito, atuam ajudando os neurônios a fazer suas redes.
Elas atuam em um momento importante, que é a formação de sinapses, justamente quando catalisamos tudo aquilo que vimos durante o dia. Apreendemos o conteúdo durante o sono, basicamente.
*

Faz efeito depois de três meses: melhora o sono, a atenção e a memória.
"Você vai conseguir descansar melhor, deixar o cérebro mais tranqüilo. Em conseqüência disso,vai ter um melhor aprendizado das tarefas que você realiza", diz a nutricionista.
*
Importante:
*
A pesquisadora Denize Ziegler, da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), diz que deve ser usado o leite de saquinho, de preferência do tipo A ou B.
De acordo com os cientistas, o processo industrial acaba com os preciosos ingredientes que agem no cérebro.
*
Para tirar alguma dúvida : E-mail: denize@unisinos.br
*
O soro do leite, é a parte líquida do leite que no Brasil, em fábricas de lacticínios, são fornecidos como alimento para porcos.
*

terça-feira, 16 de junho de 2009

MILAGRES DA MEDICINA


Milagres da medicina
que vão revolucionar a saúde humana
*
Novas cirurgias sem cortes, recuperação de lesões cerebrais
e muitas outras novidades da medicina moderna que mudarão
a história da humanidade
*
Milagres da medicina na ortopedia.
*
Se o Homem-aranha tivesse feito Medicina, poderia ter ficado rico no ramo da ortopedia. Isso porque novas pesquisas da Universidade Tufts revelam que a seda da teia de aranha , combinada com partículas de sílica, cria um novo material que poderá ser usado para produzir e reparar ossos humanos. Aranhas costumam usar a seda para fazer teias e capturar insetos, e os cientistas há muito estudam os benefícios destas fibras longas e flexíveis. Este novo tecido promete melhorar a qualidade do implante ósseo em cirurgias ósseas. Pesquisas anteriores sobre a seda das aranhas sugerem que ela pode ser usada em muitos produtos, como suturas cirúrgicas, coletes à prova de balas e até ligamentos artificiais para pessoas que sofreram lesões nos joelhos.
*
Milagres da medicina em cirurgias cardíacas.
*
Em 2006, mais de 200 mil pessoas foram submetidas a cirurgias cardíacas no Brasil. Mas uma técnica menos invasiva pode se tornar padrão. Como na angioplastia (uma cirurgia cardíaca para desobstruir artérias), médicos terão acesso ao corpo através de um vaso sanguíneo na virilha. Por ele, poderão inserir dispositivos até o coração (uma válvula, por exemplo, é comprimida até ter o diâmetro de um lápis) e operar à medida que assistem às imagens em aparelhos de ecocardiograma e raios X. O procedimento permitirá a reparação ou substituição de válvulas em pacientes que, pela natureza da doença, não suportariam uma cirurgia tradicional com abertura do tórax, possivelmente duplicando o número dos pacientes que poderão ser operados. O procedimento será menos doloroso, e o tempo de recuperação, menor.
*
Milagres da medicina em casos de parada cardíaca.
*
Cada vez mais pacientes que sofrem paradas cardíacas têm deixado o hospital graças a uma “fria”. A hipotermia clinicamente induzida diminui a temperatura do sangue e do corpo em cinco a oito graus quando o fluxo de oxigênio até o cérebro pára ou é reduzido. De acordo com pesquisas recentes, a hipotermia clinicamente induzida, combinada com reanimação cardiopulmonar e cuidados hospitalares mais agressivos, aumentam as chances de sobrevivência e previne lesões cerebrais. Hoje, cerca de metade a dois terços das pessoas submetidas ao procedimento estão bem. “Durante anos, não vimos evolução nos pacientes que sofreram paradas cardíacas”, diz Mary Fran Hazinski, porta-voz da Associação Americana do Coração. “Hoje ocorre uma mudança radical, e a hipotermia é um dos motivos.” Mais de um quarto dos médicos dos EUA usa a técnica, e outros devem se juntar a eles, à medida que for sendo feita mais divulgação.
*
Milagres da medicina no tratamento de lesões cerebrais.
*

Pesquisadores do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) encontraram uma forma de restaurar a visão de roedores com lesão cerebral. O procedimento usa nanotecnologia para promover o crescimento de células nervosas danificadas. Cientistas afirmam que a técnica poderá ser usada para restaurar fala, audição, visão e movimento em quem sofreu AVC, traumatismo craniano e lesões na medula espinal.
Um líquido com aminoácidos é injetado na parte danificada do cérebro. Os aminoácidos se agrupam numa estrutura parecida com o tecido conjuntivo do corpo. Esse arcabouço permite que as células nervosas cresçam e se reconectem, restaurando a comunicação entre cérebro e corpo. Rutledge Ellis-Behnke, neurocientista do MIT, testou o líquido em ratos de laboratório com tratos ópticos cortados. Em 24 horas, as células nervosas afetadas voltaram a crescer. “O cérebro começou a cicatrizar”, diz Ellis-Behnke. “Nunca havíamos visto isso.” Seis meses depois, 75% dos animais recuperaram a visão.
*
Milagres da medicina em bancos de sangue para transfusão.
*
Quando o assunto é transfusão de sangue, é possível que um dia o sangue não seja mais necessário. Cientistas estão desenvolvendo substitutos para o sangue que poderão ser usados amplamente. Líquidos reanimadores com oxigênio são ideais para emergências, guerras e desastres porque, ao contrário do sangue, duram muito, podem ser armazenados a diversas temperaturas e transfundidos a qualquer pessoa, independentemente do tipo sanguíneo. Produzidos a partir de hemoglobina modificada, são atóxicos e livres de doenças.
O PolyHeme, substituto derivado de glóbulos vermelhos humanos, está submetido à aprovação do FDA. Enquanto isso, a Marinha americana pede que mais estudos sejam feitos com o Hemopure, substituto do sangue feito a partir de hemoglobina bovina. Líquidos deste tipo vêm sendo relacionados ao aumento no risco de infarto e AVC, portanto são necessárias mais pesquisas.
*
AGORA É SÓ AGUARDAR O FINAL DAS PESQUISAS!!!
*

ERROS MÉDICOS

Erros médicos e em resultado de exames de laboratório
*
Histórias reais de erros médicos e em resultados de exames
de laboratório em casos de mamografia, tumor, câncer e até AIDS.
Falhas nos Laboratórios de Patologia Clínica.
*
*

Quando se fala em erro médico, a primeira imagem que vem à mente é a do cirurgião que esquece o bisturi dentro do corpo do paciente ou que extrai um órgão errado. Mas os erros nem sempre são tão espetaculares, ainda que possam causar muito estrago. E estão aumentando, numa aparente contradição com o avanço da tecnologia médica. O Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) recebeu, em 1995, 1.509 denúncias de erros. Em 2005, o número de erros médicos pulou para 3.660, um aumento de quase 150%.
As falhas nos laboratórios de patologia clínica, onde milhões de exames são processados todo dia, ou nos centros de diagnóstico por imagem, onde erros de leitura e interpretação de uma tomografia ou de uma ressonância magnética podem levar a resultados enganosos e conseqüências desastrosas para os pacientes.
Não se sabe precisar quantos erros desse tipo acontecem por ano no Brasil. A maior parte, felizmente, não causa danos graves e nunca será identificada. Mesmo assim, uma pesquisa do Cremesp mostra que laboratórios apareceram como réus em 1 a cada 30 processos com alegação de erros médicos julgados nos tribunais paulistas em 2004. E o bioquímico Humberto Tibúrcio, autor do livro Ações Civis de Danos Morais Contra Laboratórios Clínicos, localizou 1.508 processos por erros em exames laboratoriais entre 2000 e novembro de 2007, numa pesquisa nacional.
Os erros podem ocorrer na identificação (ao etiquetar amostras ou inserir dados incorretos do paciente nos sistemas de computação do laboratório) e até na redação do laudo.
*
Caso Verídico. *
Há dez anos, Márcia Carvalho, de 41 anos, acompanhada da irmã, entrou no consultório médico do ginecologista. Aquela tarde de agosto iria mudar sua vida. Dias antes, sentindo dores no lado esquerdo do abdome, a funcionária da Secretaria de Saúde de Contagem (MG) havia estado no mesmo consultório e saído com um pedido de exame. A ultra-sonografia revelou um cisto no ovário, que poderia ser retirado por meio de punção, sem cirurgia. O material foi colhido por esse procedimento em uma clínica e encaminhado a um laboratório da capital mineira. Márcia então levou o laudo ao médico. Dessa vez, o que ouviu não poderia ser mais assustador: câncer.
A notícia deixou Márcia atordoada e ela perguntou se não poderia ter havido um erro. O médico garantiu que era muito difícil ocorrer erro num exame de ultra-sonografia. “Ele disse que eu tinha de operar imediatamente, pois o laudo indicava que meu quadro era muito grave”, conta ela, que, trêmula e suando frio, já saiu da clínica com os pedidos de exames pré-operatórios.
“Os dias que antecederam a operação foram os mais difíceis da minha vida. Eu não conseguia dormir. Meus amigos e meus irmãos vinham me visitar e, vendo meu estado, começavam a chorar, esperando o pior”, lembra Márcia.
A cirurgia durou quatro horas. No fim da tarde, ainda grogue por causa da anestesia, a paciente recebeu da própria cirurgiã uma notícia surpreendente: a operação tinha sido desnecessária. Não havia tumor em seus ovários. Márcia não tinha e nunca teve câncer. “Quando ouvi isso, fiquei muito confusa, num misto de alegria e tristeza. Além da dor, eu sentia um mal-estar terrível.
”Tão logo se restabeleceu e pôde voltar à vida normal, Márcia processou por danos morais e materiais o laboratório, que atribuiu o erro à imperfeição da ciência. Ela venceu em duas instâncias e recebe em parcelas uma indenização no valor de R$ 85 mil. “Fiquei meses sem trabalhar, tenho de tomar remédios diariamente, inclusive para reposição hormonal, e ainda sinto dores no local da cirurgia”, conta a funcionária pública.
*
Quais são os problemas causados por erros médicos? *
Os problemas vão do estresse e ansiedade causados pelo resultado incorreto a conseqüências mais perigosas, embora menos comuns, como atraso no tratamento, transfusões com o tipo sanguíneo errado e até uma cirurgia desnecessária.
Há uma evidente falta de preparo dos médicos. As faculdades se multiplicaram, mas a maior parte delas não garante boa formação. E pior: vejo exames assinados por técnicos, para que os laboratórios ganhem com a redução dos custos”, admite o conselheiro do Cremesp, Reinaldo Ayer de Oliveira.
*
Diagnósticos de Aids – Falsos *
As conseqüências podem ser horríveis quando se trata de exames para o diagnóstico de doenças graves como câncer e Aids. “São muitas as ações judiciais propostas por pessoas que tiveram diagnósticos errados de Aids”, afirma o médico Juan Carlos Raxach, assessor de projetos da Associação Brasileira Interdisciplinar de AIDS.
*
Exames de Mamografia
*
A qualidade das mamografias no Brasil permanece um caso à parte. E alarmante, principalmente se lembrarmos que o câncer de mama é o que mais atinge as mulheres brasileiras.
Com a crescente diversificação e modernização dos exames de imagem, os radiologistas que executam e analisam esses exames – dos modestos raios X ao moderno Pet Scan (tomografia de emissão positrônica) – são participantes ativos nos processos de diagnóstico. E quando eles cometem um erro é o paciente quem paga – e isso pode sair bem caro.
*
Onde está o erro em exames médicos? *
Nos exames por imagem existem três estágios principais em que podem acontecer erros:
.Reconhecimento da anormalidade,
.Diagnóstico
.Comunicação do resultado ao médico e ao paciente.
Mário Mourão Netto, diretor do Departamento de Mastologia do Hospital do Câncer, em São Paulo, confirma a cada dia a importância de se acertar um diagnóstico de primeira e de observar a qualidade da mamografia, a procedência e o radiologista que emite o laudo. Ele cita o caso recente de uma paciente que trouxe uma mamografia de três anos antes em que o tumor já era visível. “Agora o prognóstico é outro; a cirurgia é mais invasiva, são mais sessões de quimioterapia e radioterapia.” O mastologista acha inaceitável que um médico leia apenas o laudo do radiologista, sem observar as imagens. “Mas é o que muitos fazem.”
*
Procure médicos especializados *
Pelo Dr. Marcelo Guerra “Sou médico e psicoterapeuta e, como costuma acontecer com alguns profissionais de saúde, ao verificar que estava com febre, disse à minha mulher: “Isso não é nada... Vai passar.” Mas, depois de quatro dias, a febre não passava e a garganta começou a inchar. Então fui ao hospital na cidade onde moro, Nova Friburgo (RJ). Ali, depois de um rápido exame, o médico de plantão perguntou se eu apresentava algum sangramento. Lembrei da minha gengiva, que sangrava há alguns dias. O colega, então, me deu o diagnóstico: dengue hemorrágica .
Aquilo me deixou assustado. Mas, como não queria misturar minha condição de médico com a de paciente, e como o colega que me atendeu se mostrou convicto, não refutei. Afastei-me do trabalho para observar a evolução dos sintomas e comuniquei à família que estava com uma doença grave, talvez fatal. Foi um período de muita angústia. Depois de uns dez dias, os sintomas começaram a regredir. Voltei ao hospital e outro médico me atendeu, percebendo que eu não sofria de nada além de uma forte infecção na garganta e de uma gengivite, inflamação muito comum e, de modo algum, fatal. Tomei antibióticos e em uma semana voltei ao trabalho.
*
Como agir ao receber um diagnóstico de doença grave. *
Mesmo não sendo um leigo em medicina, eu não quis confrontar o médico que me deu um diagnóstico tão drástico e precipitado. Fico imaginando a dificuldade de um paciente comum. É fundamental buscar esclarecimentos para tomar as decisões sobre a própria saúde. Meus conselhos:
.Pergunte tudo ao seu médico até entender a doença e tratamento por completo.
.Escolha bem o seu médico e a equipe que o atenderá durante o tratamento.
.Leia a etiqueta de exames de laboratório e repita o exame quantas vezes for necessário (Mas não exagere nos exames -Uma segunda opinião de um outro médico pode ser a salvação. Outra visão sobre o diagnóstico e o tratamento é indispensável).
.Leve a ficha médica em todas as consultas e exames.
*
Fonte: Revista "SELEÇÕES"
*

segunda-feira, 15 de junho de 2009

A VAIDADE DOS ARTISTAS

Adriana Garambone limpando a pele de seu rosto com a
Espuma de Limpeza Facial Ciclos d'Racco (tem ação purificante
extra-suave, que limpa profundamente a superfície sem agredí-la)
*
Sarah Oliveira cuidando do rosto com a
Máscara Ciclos d'Racco com Demae
(máscara anti-agecom alta concentração de ativos para um
tratamento intenso na pele)
*
Sérgio Abreu se protege com Protetor Solar Racco (combate o envelhecimento precose da pele aumentando a capacidade de hidratação) * Leona Cavalli esfoliando seus pés com o Gomage (suaviza peles grossas e muito ressecadas,
mantendo os pés fininhos por muito mais tempo)
*
Renata Dominguez não dispensa o Spray Efervescente Soleil (hidrata e
evita a descamação com Biotan que prolonga o bronzeamento)
*
Guilherme Aruda usando o Creme Desodorante para os Pés Principles
(previne o aparecimento de frieiras e micoses)
*
ESSAS FAMOSAS NÃO CONHECEM NOSSO "SÉRUM CORPORAL"...!
1. Katherine Heigl 2.Tara Reid 3. Jennifer Love-Hewitt
*
Vide: Linha Ciclos d'Racco
*
*

BENEFÍCIOS DA CASTANHA DO PARÁ

*
Retarde o envelhecimento
comendo uma castanha por dia
*
1 castanha por dia......não mais do que isso,
garante as doses de selênio de que seu corpo precisa
para preservar cada célula,
botar para fora possíveis substâncias tóxicas e viver mais.
*

Cabe na palma da sua mão, e ainda sobra um espaço e tanto, a arma que vai superproteger as unidades microscópicas do seu organismo. Em segundos, ao mastigar uma única castanha-do-pará, você recarregará os níveis de um mineral extremamente importante para uma vida longa e saudável: o selênio. A pequena oleaginosa repõe a quantidade do nutriente necessária para dar combate ao envelhecimento celular, causado pela formação natural daquelas incansáveis moléculas que danificam as células, os radicais livres.
*
Um estudo da Universidade de Otago, na Nova Zelândia, atesta que a ingestão diária de duas castanhas-do-pará recentemente rebatizadas castanhas-do- brasil eleva em 65% o teor de selênio no sangue. Mas provavelmente os neozelandeses não usaram o legítimo produto brasileiro. Ora, nós somos sortudos. É que as castanhas produzidas no Norte e no Nordeste do país são tão ricas em selênio que bastaria uma unidade para tirar o mesmo proveito. A recomendação é de que um adulto consuma, no mínimo, 55 microgramas por dia, diz a nutricionista Bárbara Rita Cardoso, pesquisadora do Laboratório de Minerais da Universidade de São Paulo. E com uma unidade da nossa castanha já é possível encontrar bem mais do que isso de 200 a 400 microgramas do bendito selênio. Aliás, o limite de consumo diário do mineral é de 400 microgramas, portanto, não vá com muita fome ao pote. No caso de uma criança, meia castanha seria suficiente, afirma Silvia Cozzolino, presidenta da Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição.
*
E por que toda essa fama do selênio? Ele é essencial para acionar enzimas que combatem os radicais livres, responde Christine Thomson, a pesquisadora neozelandesa que investigou as propriedades da castanha. O selênio se liga a algumas proteínas já existentes em nosso corpo para formar essas enzimas antioxidantes, descreve, completando, Bárbara Cardoso. Na ausência dele, as tais enzimas ficam sem atividade e, então, deixam de combater os radicais e ainda desguarnecem as defesas do organismo.
*
O mineral da castanha também teria um papel especial na proteção do cérebro. É que, com essa capacidade de acabar com a farra dos radicais livres, as células nervosas seriam preservadas, evitando o surgimento de doenças neurodegenerativas com a idade. Justamente por isso, a pesquisadora Bárbara Rita Cardoso começa a estudar os possíveis benefícios do selênio em portadores do mal de Alzheimer. A gente desconfia que nesses pacientes os radicais façam maiores estragos, diz ela.
*

A tiróide também funciona melhor na presença do selênio, acrescenta Christine Thomson. Isso porque, se não houver esse elemento, ela não consegue produzir direito seus célebres hormônios. O mineral também está intimamente associado à capacidade de o organismo se livrar de substâncias tóxicas, ajudando-o inclusive a expulsar possíveis metais pesados que se alojam nas células.
*


Algumas pesquisas indicaram que o consumo de selênio está relacionado com uma redução no risco de câncer de próstata. Isto levou alguns analistas a recomendarem o consumo de castanhas-do-pará como uma medida preventiva. Estudos subsequentes sobre o efeito do selênio no câncer de próstata foram inconclusivos.
*


O chá da casca da castanheira-do-pará é usado na Amazonia para tratamento do fígado, e a infusão de suas sementes para problemas estomacais.
*


É também muito usada pelos caboclos para clarear os cabelos. Colocam a resina pura nos fios, expondo-os ao sol por longo tempo. No corpo, mais propriamente nos seios e abdômen, aplica-se o seu óleo bruto em massagens, para evitar estrias e amaciar a pele, deixando-a suave e sedosa. *


Compare a castanha-do-pará com a Castanha portuguesa
*
*Comparamos 25 gramas de cada, o que equivale a
3 castanhas portuguesas e 6 castanhas-do-pará.
*
1 - Caloria
A castanha portuguesa é a melhor opção para quem precisa controlar o peso, já que contém 32 calorias. A castanha-do-pará soma 164.
*
2 - Cálcio
A castanha-do-pará oferece quase quatro vezes mais do mineral que fortalece o esqueleto — 40 miligramas —, contra apenas 11 da castanha portuguesa.
*
3 - Fósforo
Esse nutriente que garante disposição aparece muito mais na castanha-do-pará: 181 miligramas. Já a castanha portuguesa fica bem atrás, com 24 miligramas.
*
4 - Gorduras
A castanha-do-pará tem 16 gramas, contra 0,34 da castanha portuguesa, mas o bom é que são gorduras saudáveis, que protegem as artérias.
*
5 - Potássio
A portuguesa contém 178 miligramas desse nutriente que combate a hipertensão, um pouco mais do que a castanha-do-pará, com seus 164 miligramas.
*
6 - Ácido fólico
A vitamina que diminui o risco de tumores ganha um certo destaque na castanha portuguesa — são 9 microgramas, contra 5 da castanha-do-pará.
*
7 - Selênio

Esse potente mineral antioxidante aparece aos montes na castanha-do-pará — são 740 microgramas. A portuguesa, coitadinha, não contém quantidade que mereça ser mencionada.
*

domingo, 14 de junho de 2009

COCO




ABUSE DO COCO E ENXUGUE A BARRIGA
*

* Meu filho
*


Se existe uma fruta que dá calafrios em quem quer emagrecer, ela se chama coco. O máximo que as pessoas às voltas com a balança se permitem é beber da sua água. Esse, porém, é um grande equívoco. Verdade seja dita: trata-se de um alimento gorduroso. Mas, por mais paradoxal que pareça, é justamente por isso que ajuda a eliminar medidas. Inúmeras pesquisas demonstram a importância da gordura de coco no emagrecimento, afirma a nutróloga Tamara Mazaracki, do Rio de Janeiro. Uma delas, publicada no International Journal of Obesity and Related Metabolic Disorders, revista científica da Associação Internacional para o Estudo da Obesidade, aponta que algumas de suas moléculas gordurosas estão relacionadas à redução do peso corporal e à perda significativa de pneuzinhos.
*
Entenda o paradoxo:
*
O coco é riquíssimo em duas gorduras – o ácido láurico e o monolauril –, que têm tudo a ver com um corpo mais esbelto. De rápida digestão, elas não ficam estocadas nas células. Ao contrário, servem de combustível para gerar energia, evitando assim que se transformem em pneus. “Essa dupla reduz o percentual de gordura corporal porque os triglicerídios de cadeia média, caso do ácido láurico e do monolauril, favorecem a oxidação de ácidos graxos e a sua utilização como fonte de energia”, explica Tamara. Resultado: esse processo combate e diminui os depósitos de... sim, elas mesmas, as bandidas que estufam o corpo. “O ácido láurico e o monolauril também regulam o funcionamento da tireóide, acelerando o metabolismo orgânico, o que facilita o emagrecimento”, completa Tamara.
*
Como se não bastasse, têm uma ação antiinflamatória a nível celular. “Eles aumentam a produção de substâncias protetoras e, ao mesmo tempo, diminuem as concentrações de outras pró-inflamatórias. E isso dá uma grande ajuda no emagrecimento, porque obesidade e sobrepeso são decorrentes de desequilíbrios inflamatórios”, explica a nutricionista funcional Daniela Jobst, do Centro Brasileiro de Nutrição Funcional, em São Paulo. Apesar de a água-de-coco ser muito usada por quem vive de olho na balança, ela não interfere significativamente na perda de peso justamente por não ser rica nessas gorduras do bem. Mas, claro, a bebida é válida como um refresco leve e nutritivo.
*
Mil e uma utilidades:
*
O ácido láurico e o monolauril têm ainda outras funções importantes no nosso organismo. Atuam como antivirais, combatem fungos e bactérias, melhoram a resposta imunológica, aumentam o colesterol bom (HDL) e protegem o coração.
*

Como usar:
*
Essa fruta pode entrar no menu regularmente na forma de gordura de coco, encontrada em lojas de produtos naturais, leite de coco, coco desidratado ou natural. A fruta verde, embora saudável, não se presta para eliminar quilos extras. É que nesse estágio ainda não há teor significativo de ácido láurico e monolauril. Por isso, para fins antibarriga, só vale usar a fruta madura, seca.
*
Quais as quantidades?
*
Coco seco: de 20 a 30 gramas, cortado em pequenas lascas, como petisco na hora do lanche aos pedaços. Ele é excelente para reduzir o apetite.
Coco desidratado: de 1 a 2 colheres de sopa, no iogurte, no suco ou na vitamina.
Leite de coco: a quantidade fica a seu critério. O importante é adotá-lo com regularidade. Vale usar na preparação de pratos, como peixe, e de suco (misture ½ copo (100 ml) de leite de coco e ½ copo de água, sem adoçar). Nesse caso, prefira bebê-lo antes das refeições para aplacar o apetite. Importantíssimo: a versão light deve ser totalmente descartada, porque os benefícios estão justamente na sua gordura -- lembra?
Gordura de coco: de novo, a quantidade depende do gosto pessoal, mas não abuse. Ela é indicada para refogar arroz, legumes etc.).
*
Ah, não custa ressaltar o óbvio: doce de coco não pode entrar no cardápio com freqüência. É uma delícia, mas contém muito, muito açúcar. E aí, os quilos que você perdeu fazendo uso da fruta conforme o sugerido, acabam voltando.
*
O coco e suas calorias:
*
20 g de polpa do coco bem verde = 35 calorias
25 g ( que correspondem a 1/8 da fruta em lascas ou 2 colheres de sopa da polpa ralada) da polpa do coco maduro = 75 calorias
1 colher de sopa (10 g) de coco desidratado = 45 cal
1 colher de sopa (20 ml) de leite de coco = 50 cal
1 colher de sopa (10 g) de gordura de coco = 90 cal
1 copo (250 ml) de água de coco = 55 cal
1 colher de sopa (15 g) de doce de coco = 70 cal
1 cocada pequena (50 g) = 160 cal
*
Fonte: Revista Saúde! (set./2008)
*



sábado, 13 de junho de 2009

PALMITO



Palmito - Pupunha
* *

*
A pupunheira produz frutos comestíveis de alto valor nutritivo, destacando-se elevados teores de caroteno, de proteína e de gordura. Essa espécie de palmeira produz, além dos frutos, palmito comestível de ótima qualidade. Nativo da América Latina, e do Brasil, da região da Amazônia, o palmito pupunha vem substituindo com êxito os palmitos mais conhecidos, como o tipo Jussara e Açaí. Além de cultivo mais rápido, o seu cultivo não é predatório.
A diferença entre ele e os outros palmitos é que ele é mais doce, a sua coloração é um pouco mais amarelada e a textura é mais macia. Além disso, não escurece após o corte, sendo comercializado também "in natura". Pode ser utilizado cozido em água e sal, cru em saladas, desfiado, picado em refogados, massas e gratinados, etc.
É encontrado também na forma de conserva, em supermercados. Neste caso, o sabor é mais ácido e menos adocicado do que o fresco. Além disso, é adicionado ácido cítrico e sal à conserva para evitar contaminações, como acontece com os outros palmitos.
Ao contrário dos frutos, ricos em calorias e gorduras, o palmito tem poucas calorias, fibras e ainda contém cálcio, magnésio, fósforo e vitamina C além de boa quantidade de potássio.Pupunha: é o mais jovem entre os palmitos conhecidos, pois começou a ser cultivado apenas nos anos 90 _ é o mais ecologicamente correto de todos. Ele se diferencia por ser a única espécie cultivada da planta _ as outras são exploradas.
Atualmente tem substituído os diversos tipos na culinária. De cor clara, é bem macio. E ainda tem mais: o palmito pupunha custa menos que os demais.
*
Veja na tabela abaixo:
*
Palmito pupunha fresco-100g
*
Calorias - 29
Proteínas (g) -2,5
Carboidratos (g) - 5,5
Gorduras (g) - 0,5
Fibras (g) - 2,6
Fósforo (mg) - 55
Potássio (mg) - 206
Cálcio (mg) - 32
Magnésio (mg) - 25
Vitamina C (mg) - 8,7
*
Fonte: TACO - Tabela Brasileira de Composição de Alimentos - UNICAMP - Campinas 2006.
*
“O alimento costuma ser recomendado em dietas com restrição calórica. O problema é que, como a maioria dos palmitos é comercializada em conserva, precisa ser consumido com moderação por causa da grande concentração de sódio, o que acaba provocando a retenção de líquidos”, alerta a a nutricionista Cristiana Andreoli, professora da disciplina de Técnica Dietética e Gastronomia do Centro Universitário São Camilo, em São Paulo.
*
Detalhes fundamentais:
*
A nutricionista Carla Mendes, responsável pelo Setor de Alimentação do Hospital Israelita Albert Einstein, de São Paulo, orienta que, na hora da compra, deve-se escolher os mais brilhantes e sempre ferver o alimento antes do consumo. “A água de conserva é ligeiramente turva, porém, se apresentar sinais avermelhados ou marrons, fica caracterizado que o produto não seguiu os padrões rígidos de higiene e por isso não deve ser adquirido”, explica. Ela também lembra que, na hora da compra, deve-se optar por marcas idôneas. “Fora de casa é melhor evitar o consumo. No entanto, se quiser comê-lo, verifique a textura: se estiver muito mole, desmanchando ou com coloração diferente, não coma”, alerta Cristiana.
*
Torta verão
*
Calorias por porção: 180
Tempo de preparo: 2h30
Rendimento: 6 porções
*
Ingredientes:
● 1 cenoura ralada● 300 g de ricota● 250 ml de requeijão light● 1 col. (sopa) de molho de soja● 2 col. (sopa) de suco de limão● 1 col. (sobrem.) de cebola picada● 2 talos de palmito● 4 azeitonas sem caroço picadas● 8 a 10 fatias de pão de forma light sem casca● leite desnatado o suficiente para molhar o pão (cerca de 400 ml).
*
Modo de fazer:
1. Bata no liquidificador a cenoura com a metade da ricota.
2. Acrescente ½ copo do requeijão, palmito, o suco de limão, o molho de soja e a cebola até formar a consistência de purê. Reserve.
3. Depois bata as azeitonas com o que sobrou da ricota e do requeijão.
4. Se necessário, acrescente um pouquinho de leite até ficar pastoso.
5. Forre o fundo da fôrma de bolo inglês pequena com o pão e regue com o leite.
6. Inclua o purê de cenoura e o palmito picado. Acomode o restante do pão, regue novamente com o leite.
7. Cubra com o purê de azeitonas e finalize com o pão molhado no leite.
8. Leve para gelar por 2 h. Sirva em seguida.
*
Fonte: Revista Dieta Já - out./2007
*

GESTAÇÃO




DICAS IMPORTANTES
*
A gestação não é momento de comer o dobro e sim de ingerir os nutrientes adequados para a formação do bebê e a manutenção da saúde da futura mamãe”, explica Regina Stikan, nutricionista e chefe do setor de Nutrição do Hospital e Maternidade São Camilo, em São Paulo. A seguir, ela orienta como manter a forma nesse período.
*
*
1- Esqueça as frituras. Elas são ricas em gorduras saturadas e calorias e pobres em nutrientes. Prefira preparações grelhadas, assadas e cozidas.
*
2- Alimentos integrais (pão de aveia, farelo de trigo, macarrão e arroz) são fontes de fibras e excelentes para o funcionamento intestinal que, nos últimos meses de gestação, tende a ficar mais lento.
*
3- Aumente o consumo de verduras, legumes e frutas, pois são importantes fontes de vitaminas e minerais, além de pouco calóricos.
*
*
4- Modere a adição de sal nas preparações, principalmente se observar retenção de líquidos ou aumento da pressão arterial. Nesse caso, diminua o sódio e troque-os por temperos naturais que realçam o sabor dos alimentos.
*
5- O ferro, encontrado nas verduras em geral, principalmente naquelas de folhas verde-escuras, e na carne, é um nutriente importante e exige maior consumo durante a gestação. Uma boa dica para melhorar a absorção dele é incluir alimentos ricos em vitamina C como laranja, mexerica, morango e acerola após as refeições.
*
6- Mastigue bem e faça várias e pequenas refeições ao longo do dia. Elimine os líquidos nesses períodos para reduzir a sensação de náuseas e facilitar a digestão.
*
7- Escolha alimentos coloridos e variados. Assim você supre as necessidades nutricionais sem deixar cair na monotonia alimentar.
*
8- Substitua bebidas alcoólicas e refrigerantes por sucos naturais (melão, mamão, cenoura, beterraba, manga, laranja).
*
*
9- A ingestão de líquidos é muito importante e deve ser de, no mínimo, 2 litros por dia para garantir uma boa hidratação.
*
10- Evite a ingestão de café, assim como de refrigerantes à base de cola e cigarro. Todos eles interferem na absorção do ferro pelo organismo.
*
11- Uma gravidez saudável deve ter uma dieta equilibrada. O acompanhamento nutricional é importante desde o início, considerando o peso da gestante, as necessidades calóricas e os demais nutrientes.
*
Complementando:
*
. Faça várias e pequenas refeições durante o dia. Assim, você não fica muito tempo sem comer e não corre o risco de exagerar na comida;
*
. Se você enjoar muito, procure ingerir alimentos pastosos como sopas-creme e purês de legumes, que são de fácil digestão. Entretanto, eles não devem conter muita gordura;
*
.Cuidado com os alimentos dietéticos e adoçantes em excesso. Eles contêm substâncias químicas. Converse com seu médico a respeito;
*
.Fique atenta a balança. O peso aceitável para você adquirir durante esse período varia de nove a 12 quilos;
*
.Fazer dieta por conta própria não é recomendável; principalmente na gravidez. Procure um médico ou um nutricionista para ajudá-la a montar um cardápio;
*
*
.Preste atenção nas mudanças em seu visual. Olhe-se no espelho por inteira ou sinta seu corpo ao passar um hidratante. Assim você acompanha cada mudança passo a passo e não perde a noção de sua verdadeira imagem corporal;
*
.Coma um filé de peixe, frango ou carne magra todos os dias. Além desses alimentos darem a sensação de saciedade, garantem proteínas suficientes para o bebê e ainda ajudam a dar elasticidade a sua pele, evitando estrias;
*
.Não tome remédios para emagrecer, como moderadores de apetite ou aceleradores do metabolismo. Podem fazer mal a você e ao seu bebê. Consulte sempre seu médico;
*
.Não abandone totalmente suas atividades físicas normais só porque está grávida. O mais recomendável é diminuir um pouco o ritmo;
*

sexta-feira, 12 de junho de 2009

AÇAÍ

Açaí: Caloria do Bem
*

A fruta nativa da Região Norte do Brasil contém um alto valor nutricional e é a campeã brasileira no combate aos radicais livres. No entanto é preciso bom senso no consumo porque ela é bastante calórica.
*

*
Bastante procurada por quem pratica exercícios físicos, vem conquistando cada vez mais os adeptos de uma vida saudável e, principalmente, as pessoas preocupadas em cuidar da saúde. O açaí, de sabor naturalmente amargo (na versão concentrada, consumido nas grandes cidades, ele se torna mais suave), tem sido objeto de inúmeras pesquisas científicas cujos resultados apontam para um elevado valor nutricional. Quem aprecia a fruta concentrada ou in natura não imagina que o seu consumo garante uma boa quantidade de vitaminas e de antioxidantes, que atuam diretamente na eliminação dos radicais livres, responsáveis pela prevenção de doenças e do envelhecimento.
Segundo a nutricionista Elaine Martins Bento, diretora da Associação Paulista de Nutrição (Apan), o açaí é rico em proteínas, gordura vegetal, vitaminas B1, C e E e minerais, como ferro, fósforo, cálcio e potássio. Também contém fibras e alto teor de antocianinas, que são os antioxidantes. “Além de ser um excelente repositor energético, beneficia o trânsito intestinal, pelo aporte de fibras”, diz a médica. A alta concentração desses nutrientes vem chamando a atenção dos cientistas e as mais recentes pesquisas têm rendido à fruta a fama de ser a campeã brasileira nesse quesito.
De acordo com a engenheira de alimentos Eliana Ribeiro, professora da Escola de Engenharia do Instituto Mauá de Tecnologia, de São Caetano do Sul, SP, o açaí possui elevado teor de antocianinas (1,02 g/100 g de sólidos secos). “Elas garantem melhor circulação sangüínea e protegem o organismo contra o acúmulo de placas de gordura.”
*
Nutritiva, mas calórica
*
Os benefícios do açaí são maiores quando a fruta é consumida pura do que em forma de polpa (a mais utilizada no preparo do “açaí na tigela”). Mas a versão mais popular não deve ser desprezada. “Quanto mais aditivos contiver a composição do concentrado menor será o efeito da fruta em si”, avisa a nutricionista Elaine Bento.
Embora sejam inegáveis os benefícios do açaí para a saúde, ele é uma fruta bastante calórica. “Tem 247 cal. em 100 g”, alerta Elaine. Se por si só já é calórico, a visão na tigela, que contém guaraná e outras frutas, torna-se mais perigoso para quem quer perder peso. “Quando a polpa é associada a outros ingredientes, aumenta o valor calórico, porém somam-se os benefícios dos outros alimentos”, diz a diretora da Apan.
*
Atenção para a qualidade da fruta
*
Foi noticiado que diversas pessoas foram infectadas com a doença de chagas depois do consumo do suco natural de açaí na região amazônica. A nutricionista da Apan, Elaine Bento, diz que a ligação do suco com a doença, segundo pesquisas, está no ato de o barbeiro fazer um ninho nas folhas da árvore ou no próprio cacho. “Assim, quando é realizada a colheita, o inseto é levado junto e triturado com a fruta na produção da polpa”, explica. A engenheira de alimentos Eliana Ribeiro, do Instituto Mauá de Tecnologia, confirma que, nessa situação, o inseto transmissor da doença integrou-se à mistura e, como ela foi consumida sem tratamento térmico, isso permitiu a transmissão do mal. “Se a polpa for tratada, a forma ativa do inseto é destruída”, afirma. Segundo ela, a vantagem de se consumir o açaí processado é que ele é pasteurizado para garantir maior tempo de vida útil. “Com isso, o elemento transmissor da doença, se estiver eventualmente presente, será destruído”, completa. Por isso, a nutricionista Elaine Bento faz um alerta: “Antes de comprar o suco ou derivados da fruta é necessário se certificar que houve pasteurização (procedimento para esterilização pelo aquecimento e esfriamento rápido do líquido) no processo. Na dúvida, é melhor não adquirir o produto, pois só o congelamento não é capaz de matar o protozoário.”
*
Sobremesa gelada light
*
Calorias por porção: 90
Tempo de preparo: 20 min. (mais 8 h para gelar)
Rendimento: 1 porção
*
Ingredientes
● 2 pacotinhos de polpa de açaí
● 1 envelope de gelatina diet sem sabor
● 2 claras em neve
● ½ copo (amer.) de leite
*
Modo de fazer
1. Dissolva a gelatina na água morna.
2. Bata a mistura no liquidificador com a polpa, o leite e o adoçante até ela ficar cremosa e homogênea.
3. Junte as claras em neve, mexendo suavemente.
Deixe gelar por 6 a 8 horas e sirva.
*
Fonte: Revista Dieta Já - out./2007
*

quinta-feira, 11 de junho de 2009

O MEL E A CANELA




BENEFÍCIOS DO MEL COM CANELA
*
Qual é o único alimento que não estraga?
O mel de abelhas.
A mistura de Mel e Canela cura a maioria das doenças.
O mel é produzido em quase todos os países do mundo.
Apesar de ser doce, a ciência demonstrou que, tomado em doses
normais como medicamento, o mel não faz mal aos diabéticos.
A revista "Weekly World New" do Canadá, na sua edição de
17 de Janeiro de 1995, publicou uma lista das doenças que são
curadas pelo Mel misturado com Canela.
*

*
DOENÇAS DE CORAÇÃO:
Faça uma pasta de mel e pó de canela e aplique-a no pão, em vez de geléia, usando-a regularmente no café da manhã. Essa mistura reduz o colesterol nas artérias e evita o ataque cardíaco ou sua repetição. O uso regular dessa pasta também alivia a perda da respiração e fortalece as batidas do coração. Na América e no Canadá, várias casas de assistência a idosos utilizam o método para proteção aos pacientes, notando-se que a canela revitaliza artérias e veias.
*
ARTRITE E INFECÇÕES DE RINS:
Os pacientes de artrite podem tomar diariamente, de manhã e à noite, uma xícara de água morna com duas colheres de mel e uma colher de chá de pó de canela. Se tomado regularmente, até a artrite crônica pode ser curada. Em uma pesquisa recente, conduzida na Universidade de Kopenhagen, quando os doutores trataram os seus pacientes com uma mistura de uma de colher de sopa de mel e meia colher de chá de pó de canela, antes do café da manhã durante uma semana, das 200 pessoas selecionadas praticamente 73 obtiveram alívio total da dor, e em um mês a maior parte dos pacientes, que não podia andar ou se movimentar devido à artrite, voltou a se movimentar sem sentir dor.
*
MORDIDAS DE INSETO:
Misture uma parte de mel a duas partes de água morna e acrescente uma colher de chá de pó de canela, fazendo uma pasta. Massageie o local picado, lentamente, e a dor cederá dentro de um ou dois minutos.
*
PERDA DE CABELO:
Os que têm problemas de perda de cabelo, ou calvície, podem aplicar uma pasta feita com azeite quente, uma colher de sopa de mel e uma colher de chá de pó de canela antes do banho. Aguardar de 5 a 10 minutos e lavar o cabelo normalmente.
*
INFECÇÕES DE BEXIGA:
Tome duas colheres de sopa de pó de canela e uma colher de chá de mel dissolvidas em um copo de água morna. A mistura destrói os germes na bexiga.
*
DOR DE DENTES:
Faça uma pasta de uma colher de chá de pó de canela e cinco colheres de chá de mel e aplique no dente dolorido. A aplicação pode ser feita 3 vezes por dia .
*
COLESTEROL:
Duas colheres de sopa de mel e três colheres de chá de canela, misturadas a meio copo de chá, são capazes de reduzir em 10% o nível de colesterol no sangue dentro de 2 horas. Como mencionado para pacientes artríticos, se tomado 3 vezes ao dia, ajuda a curar o colesterol crônico. Além disso, mel puro tomado com comida diariamente alivia reclamações de colesterol.
*
CALAFRIOS: (Resfriado)
Os que sofrem de calafrios, comuns ou severos, devem tomar diariamente uma colher de sopa de mel morno com ¼ de colher de pó de canela durante 3 dias.
*
GASES:
Segundo estudos feitos na Índia e no Japão, se o mel for tomado com o pó de canela o estômago é aliviado de gases.
*
SISTEMA IMUNE:
O uso de mel e pó de canela diariamente fortalece a imunização de nosso sistema protegendo o corpo de bactérias e ataques virais. Os cientistas provaram que o mel tem várias vitaminas e grande concentração de ferro.O uso constante do mel fortalece os corpúsculos de sangue brancos para lutarcontra bactérias e doenças virais.
*
INDIGESTÃO:
O pó de canela, salpicado em duas colheres de sopa de mel e ingerido antes da comida, alivia a acidez e ajuda na digestão de refeições pesadas..
*
LONGEVIDADE:
Chá feito com mel e pó de canela, quando tomado regularmente, detém as devastações da idade.
Misture 01 colherada de canela e 03 xícaras de água. Ferva para fazer um chá. Quando amornar, coloque 04 colheradas de mel. Beber um quarto (1/4) de xícara, 03 ou 04 vezes ao dia. Mantém a pele fresca e suave, e, diminui os sintomas da idade avançada. Beber este chá alonga a vida e até uma pessoa de 100 anos pode melhorar muito e se sentir como alguém muito mais jovem.
*
BORBULHAS OU PÊLOS ENCRAVADOS:
Fazer uma pasta com três colheres de sopa de mel e uma colher de chá de canela em pó. Aplique-a nos pêlos encravados, antes de dormir, e lave-as na manhã seguinte com água morna. Se feito diariamente durante duas semanas, ela retira as borbulhas da raiz.
*
INFECÇÕES DE PELE:
Aplicação de mel e pó de canela em partes iguais sobre as partes afetadas curam eczema, tinha e todos os tipos de infecções de pele.
*
CÂNCER/CANCRO:
Pesquisa recente no Japão e Austrália revelou que o câncer do estômago e ossos foi curado com sucesso. Os pacientes que sofrem dessas espécies de câncer devem tomar diariamente aquela colher de sopa de mel com uma colher de chá de pó de canela, durante um mês, 3 vezes por dia.
*
FADIGA:
Os estudos recentes mostraram que o conteúdo de açúcar do mel é mais útil que nocivo à força do corpo. As pessoas idosas que recebem o mel e o poder da canela em partes iguais são mais vigilantes e flexíveis. Doutor Milton, o responsável pela pesquisa, afirma que aquele copo de água tomado com meia colher de sopa de mel salpicada com pó de canela, diariamente ao levantar e à tarde, aproximadamente às 15h, quando a vitalidade do corpo começa a diminuir, revigora a vitalidade do corpo dentro de uma semana.
*
MAU HÁLITO:
A primeira coisa a fazer pela manhã é um gargarejo com uma colher de chá de mel e pó de canela, o pó misturado em água quente. Assim a respiração mantém-se fresca por todo o dia.
*
PERDA DE AUDIÇÃO:
Fazer uso diário de mel e pó de canela, tomado em partes iguais.
*
*
OBS.: O MEL NÃO DEVE SER FERVIDO!!!
*
Sem efeitos colaterais conhecidos, você só não pode usar o mel e a canela se realmente for alérgico aos produtos. Porém, alerto as gestantes que antes de tomar qualquer chá ou medicamento deve consultar o seu médico.
O meu blog não equivale a uma receita médica; são apenas "dicas".
Os exames preventivos são sempre indispensáveis!
Para mais informações consulte o seu médico.
*

segunda-feira, 8 de junho de 2009

MITOS E VERDADES

*
Chocolate vicia?
Carne de porco faz mal?
Com a ajuda de dois especialistas, separamos o
que é fato do que não é bom acreditar.
*

Suco de laranja com berinjela emagrece e combate o colesterol Verdade – E não apenas a laranja e berinjela, mas todos os legumes e frutas ajudam a diminuir a absorção de gordura e colesterol dos alimentos. Porém, não o suficiente para substituir e dispensar os remédios.
*
Gelatina fortalece as unhas
* Mito – A origem do mito é a seguinte: suponha que você está com falta EXTREMA de proteínas - o que não é comum -, sobrevivendo só à base de frutas, por exemplo (que têm vitaminas, mas pouquíssima proteína; menos de 1%). Como o organismo é capaz de se adaptar, ele não vai gastar reservas para manter o cabelo vistoso e as unhas fortes. Dará preferência à manutenção do coração e do cérebro. Se nesse caso extremo você toma um 'choque' de proteína, chupando tutano, por exemplo, as unhas podem melhorar. Mas, em situações normais, comer gelatina (que é proteína) não tem efeito significativo.
*
É melhor fazer seis pequenas refeições do que apenas uma, reforçada
* Verdade – Se você ingere 1.000 calorias de uma vez e fica sem comer o dia todo, a tendência é ganhar mais peso e guardar mais energia do que se distribuísse a mesma quantidade de calorias ao longo do dia. Depois de um período muito longo de jejum, seu corpo 'deduz' que não há comida disponível e lança mão de mecanismos para que você funcione com um desperdício mínimo de energia. Por exemplo, o organismo esfria um pouco a sua pele, para você não perder calor para o ambiente. Depois de oito horas de jejum, você estará com os mecanismos de economia de energia no máximo, isto é, queimando poucas calorias. Se você oferece as mesmas calorias de forma racional, o corpo não vê a necessidade de desacelerar o metabolismo e economizar. Você vai 'queimar' mais eficientemente o que ingerir, não passa fome e pode perder peso.
*
Água com gás e refrigerante causam celulite
* Mito – Água com gás não tem caloria, nem gordura. Água tônica diet e refrigerante diet também não. O que causa celulite é a predisposição genética. Na verdade, o ingrediente 'bandido' dos refrigerantes é o açúcar e não o gás.
*
Margarina é sempre melhor do que manteiga para a saúde
* Mito – Apenas os alimentos de origem animal têm colesterol, e a margarina não é. Ela contém a gordura chamada 'ácidos graxos trans', que pode ser tão prejudicial quanto a gordura saturada ou o colesterol. Não se sabe se é pior comer manteiga ou margarina. Use o bom senso: coma pouco das duas.
Amendoim e chocolate causam espinhas
* Mito – Não é comum ver senhoras de meia-idade com espinhas porque comeram muito chocolate e amendoim. Acontece que dietas ricas em gordura favorecem o aumento da produção de sebo pelas glândulas sebáceas. Amendoim e chocolate são alimentos gordurosos, mas não são eles a causa de espinhas.
*
Chocolate vicia e é afrodisíaco
* Mito– O chocolate, como todos os doces, causa bem-estar. Há quem diga que o chocolate tem uma substância que, em quantidades gigantescas, produz efeito similar ao da anfetamina. As circunstâncias e as companhias são mais afrodisíacas do que as comidas. Ostras com champanha, boa música, ótima companhia: é difícil medir em laboratório qual das variáveis teve efeito afrodisíaco.
*
Beber qualquer líquido durante a refeição dá barriga e atrapalha a digestão
* Mito – Isso é história da década de 30, quando, ao descobrir as papilas gustativas e que elas eram responsáveis pela sensação de gosto, se deduziu que delas vinha a sensação de saciedade. O raciocínio era: já que a papila 'sente' o salgado, doce, amargo, azedo, se você beber água durante a refeição 'lavará' a papila, diminuindo o contato dela com o alimento. Isso, teoricamente, faria diminuir a sensação de saciedade e portanto você comeria mais. E engordaria. Hoje já se sabe que a papila gustativa não tem nada a ver com a saciedade. Beber 1 litro de água durante a refeição vai fazer você sentir-se mal e vai retardar a digestão. Numa refeição habitual, o fato de você beber água com moderação não provoca barriga, não engorda nem atrapalha a digestão. A não ser que você parta para o exagero à beira do bizarro: existe uma condição chamada intoxicação aquosa. Você pode correr esse risco se tomar mais de 18 litros de água em um dia.
*
Beber água durante a refeição dilui sucos gástricos
* Mito – Há um sistema de transporte de água na parede do aparelho digestivo: se você beber muita água, muita água é absorvida. Se beber pouca, e portanto houver pouca água disponível no sistema, o corpo compensa 'jogando' água para dentro de você. É essa a causa da diarréia e da desidratação. O corpo só absorve o alimento numa condição de isotonicidade. Isto é, quando a concentração das partículas das substâncias que estão no sistema digestivo está numa proporção mais ou menos semelhante às partículas que estão no sangue: o que estiver muito diluído ou muito concentrado não é absorvido até que as concentrações se aproximem.
Chá de alho cura gripe
* Mito – Nenhum chá cura gripe. Chá hidrata, a hidratação torna a secreção mais fluida e facilita a expectoração. Tomando chá a pessoa se sente mais confortável.
*
Tomar chá ou café à noite tira o sono. Chá acalma
* Mito – Depende da quantidade e do hábito da pessoa. Quem está acostumado a tomar café não perde o sono, quem não está acostumado fica superestimulado. Chá de camomila, erva-doce e outros chás brancos são os melhores para acalmar. Chá-mate e os chamados chás pretos provocam efeito parecido com o da cafeína, portanto não acalmam. Já o açúcar aumenta a produção de serotonina no cérebro, e acalma.
*
Preparar alimentos em panelas de alumínio é perigoso para a saúde
* Mito – As panelas têm uma película que protege a comida do alumínio. A quantidade de alumínio liberado é insignificante e insuficiente para fazer mal à saúde.
Carne vermelha e de porco sempre fazem mal à saúde
* Mito – Depende da carne. Se você comparar lombo de porco magro, assado, e frango frito com pele, o lombo de porco é melhor. A carne vermelha em geral tem mais gordura do que a de peixe. Mas é só comer com moderação e variar o tipo de carne da dieta.
*
Quem tem problemas gástricos deve tomar leite em vez de suco de laranja
* Verdade – O leite pode ser bom em pequenas quantidades. Em excesso, pode piorar o problema, já que demora para ser digerido. Quando a proteína do leite fica muito tempo no estômago, mais ácido clorídrico é liberado para fazer a digestão. Como o leite é alcalino, num primeiro momento pode aliviar, neutralizando o ácido; mas não cura. Quem está bebendo muito leite para curar gastrite deve procurar o médico. Existe remédio para esse problema. Já o suco de laranja não piora a gastrite, porque é bem menos ácido do que o ácido clorídrico do estômago. O ácido da laranja é muito fraco e acaba até funcionando como uma substância alcalina, porque você mistura um ácido forte com um ácido fraco e diminui a acidez. O que pode fazer mal é o excesso do suco de laranja ou de leite.
*
Adultos não precisam tomar leite de vaca
* Verdade – A rigor não, mas leite é bom pelo cálcio e pela proteína que contém. Quem não gosta de leite pode substituí-lo por um bife de filé mignon com alcaparras. O bife tem proteínas e alcaparras têm mais cálcio do que qualquer outro alimento.
*
Leite é indicado para desintoxicação
* Verdade – O leite tem muita proteína e muitas das drogas venenosas têm ligação protéica, isto é, são capazes de se ligar à proteína. A proteína do leite retardará a absorção do veneno; mas é claro que o veneno ainda estará no corpo.
*
Mamão e ameixa soltam o intestino
* Verdade – Frutas tem muitas fibras e são as fibras que fazem o instestino funcionar. Se você comer um prato de salada, om efeito será o mesmo, já que as folhas tembém têm fibras.
*
Alface e maracujá são calmantes
* Sobre a alface é Mito. A alface é praticamente água. Sobre o maracujá, é Verdade. O maracujá contém substância calmante. Mas você precisaria comer muito maracujá para ingerir a substância em quantidade suficiente para se acalmar. Um suquinho de maracujá não acalma, é psicológico. O açúcar sim, acalma: aumenta a produção de serotonina no cérebro.
*
Fonte: REVISTA CRIATIVA - Freddy Goldberg Eliaschewitz é chefe do departamento de endocrinologia do Hospital Heliópolis (SP) e coordenador médico do Núcleo de Terapia Celular e Molecular do Instituto de Química da USP (Universidade de São Paulo). Maria Cristina Ribeiro Morales é nutricionista da clínica do Dr. Freddy.
*

*